NOITE DE GALA: Em concorrida cerimônia, Vitória tem seis jogadores na seleção, técnico, preparador físico, revelação e o craque do Baianão

Uma noite rubro-negra.  No salão do Mundo Plaza, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador, a Federação e a Rede Bahia promoveram, nesta segunda-feira, a festa de premiação aos melhores do Campeonato Baiano 2016. Campeão baiano, o Vitória teve seis jogadores na seleção, o craque Marinho, a revelação Caique, o técnico Vagner Mancini e o preparador físico Angelo Alves.
 
Comandada pela dupla de apresentadores da TV Bahia, Thiago Mastroiani, do Globo Esporte, e Jessica Smetak, a cerimônia reuniu centenas de pessoas, entre dirigentes, atletas, técnico, preparador físico e convidados.
 
O Vitória foi soberano. Representado pelo presidente Raimundo Dias Viana, o vice Manoel Matos, jogadores, Mancini e Ângelo, o Leão teve na seleção os jogadores Caique, Diego Renan, Ramon, Willian Farias, Amaral e Marinho.
 
Caique, 18 anos, encantou nos cinco jogos que foi titular, e foi eleito a revelação. Marinho, que chamou a atenção com seu traje com direito a gravata borboleta vermelha combinando com a roupa preta, foi o craque do Baianão, e o gol de Diego Renan contra o Flamengo de Guanambi, nas semifinais, no Barradão, foi eleito o mais bonito.
 
A seleção do Baianão
 
Goleiro: Caíque (Vitória)
Lateral-direito: Edson (Fluminense de Feira)
Zagueiro: Alisson (Fluminense de Feira)
Zagueiro: Ramon (Vitória)
Lateral-esquerdo: Diego Renan (Vitória)
Volante: Amaral (Vitória)
Volante: Willian Farias (Vitória)
Meia: Juninho (Bahia)
Meia: Marinho (Vitória)
Atacante: Edigar Junio (Bahia)
Atacante: Hernane (Bahia)
Melhor técnico: Vagner Mancini (Vitória)
Craque do campeonato: Marinho (Vitória)
Revelação: Caíque (Vitória)
Preparador físico: Ângelo Alves (Vitória)
Gol mais bonito: Diego Renan (Vitória)
Artilheiro: Nino Guerreiro (Juazeirense)
Melhor árbitro: Emerson Ricardo
Melhores auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda e Marcos Welb
Árbitro revelação: Ricarly Gustavo
Time Fair Play: Galícia
Goleiro menos vazado: Jair (Fluminense de Feira)
Melhores torcidas da capital:  Imbatíveis (Vitória) e Bamor (Bahia) 
Melhores torcidas do interior: Guanaraça (Flamengo de Guanambi) e Jegue de Ouro (Jacobina)
 
Musa
A musa rubro-negra, Julyana Olivieri, ficou com a terceira colocação no concurso promovido pela Federeção Bahiana de Futebol.
Fotos: Francisco Galvão
Anúncios
por ecv1899 Postado em Sem categoria

Um comentário em “NOITE DE GALA: Em concorrida cerimônia, Vitória tem seis jogadores na seleção, técnico, preparador físico, revelação e o craque do Baianão

  1. Não conseguiram barrar a trajetória do Leão e consequentemente o título de Campeão do Estado, então estão desmerecendo com o pênalti alegado. Coisas de sardinhas e cia. Eles pensaram que ainda estavam no século passado quando se ganhava no apito e pressão em cima dos juízes parciais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s