Vitória enfrenta longo congestionamento para chegar a Arapiraca e jogar nesta 4ª

Por causa do rompimento de duas adutoras causado pela queda da ponte sobre o rio Cotinguiba, no povoado de Pedra Branca, município de Laranjeiras, em Sergipe, o trânsito neste trecho da BR-101está bastante complicado, com quilômetros de congestionamento. E por conta desse problema, o ônibus com a delegação do Vitória ficou mais de duas horas parado antes de ultrapassar a ponte que fica ao lado da que desabou,  somente chegando a Arapiraca, em Alagoas, por volta das 22 horas desta terça-feira.
 
Nesta quarta-feira, às 19h30, o time rubro-negro joga contra o ASA, no Estádio Coaracy Nunes, em Arapiraca, a partida de ida pela segunda fase da Copa do Brasil. O Vitória eliminou a Anapolina na primeira fase, após vencer por 2 x 1 em Anápolis, e empatar por 1 x 1 em Salvador.
 
O time deixou Salvador às 12h40, via Linha Verde, e às 21h50 o ônibus estacionou a porta do hotel em Arapiraca. O técnico Claudinei Oliveira foi obrigado a substituir o atacante Rhayner, por causa de uma torção no tornozelo direito, pelo meia David, campeão sub-20.
 
Vinte jogadores estão com a delegação em Arapiraca e pela manhã, no Barradão, Claudinei finalizou a preparação do time ao comandar um treino tático e de bola parada. O zagueiro Ednei, reclamando de dores no joelho direito, participou de um treino à parte com Lucas Vinícius, assistente da preparação física.
 
Vieram para o jogo em Arapiraca os seguintes atletas:
 
Goleiros – Fernando Miguel e Wilson; 
Laterais – Romário, Diego Renan e Mansur;
Zagueiros – Maracás, Ramon, Ednei e Luiz Gustavo;
Volantes – Marcelo, Flávio e Amaral;
Meias – David, Dakson, Escudero e Jorge Wagner;
Atacantes – Vander, Elton, Léo Ceará e Gabriel
Anúncios

Um comentário em “Vitória enfrenta longo congestionamento para chegar a Arapiraca e jogar nesta 4ª

  1. Que coisa horrível ver esse time jogando. A bola quando caia era do ASA. Luis Gustavo , Marcelo dando passe de graça para os adversário. As bolas passavam na frente de Vander e outros, facies de serem dominadas, paravam no pé dos jogadores do ASA. O goleiro salvou. Os caras não trocam uma bola. Escudeiro , 90 minutos sem sequer ouvir o nome dele. Perdeu uma bola a meia altura inexplicável. Vai perder aqui. jogadores dando pulinhos estranhos e a bola passando do lado. Todo mundo se escondendo. Uma covardia geral. Querem derrubar o técnico? O cara já esta no chão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s